top menu

WWDC 2013: Apple apresentou iOS 7 e o novo OS X 10.9 Mavericks

Wwdc keynote

Durante a edição deste ano da WWDC, que se realizou esta semana em São Francisco (EUA), a Apple apresentou um conjunto de novidades que conseguiram superaram as expectativas do público. As grandes estrelas deste evento foram sem dúvida o iOS 7 e o novo Mac Pro, ambos completamente redesenhados.

Desenganem-se aqueles que pensavam que a Apple perderia, com o desaparecimento de Steve Jobs, toda a sua capacidade de inovar e fazer frente a novos desafios. Se há coisa que a Apple mostrou nesta WWDC, foi que Tim Cook, Jonathan Ive e a restante equipa de Cupertino continuam a ser capazes de arriscar e inovar, apresentando produtos capazes de surpreender e cativar o público.

iOS 7 com um visual totalmente redesenhado

Passaram-se cinco anos desde o primeiro iPhone, e havia uma crescente expectativa sobre uma eventual estagnação da interface do iOS, que até ao momento tem sido objeto de atualizações incrementais. Contrariando aqueles que diziam que o iOS ficaria para trás, preso à sua antiga interface, a Apple apresentou esta segunda-feira um iOS 7 completamente redesenhado, que marcará um importante ponto de viragem na evolução desse sistema operativo. É a primeira vez que a Apple decide mudar completamente o aspeto geral do iOS, e não é por acaso que Tim Cook, que assume atualmente o papel de CEO da Apple, não hesitou em classificar o iOS 7 como “a maior mudança no iOS desde o iPhone”.

Ios7 beta

O novo visual tem o cunho marcado de Jonathan Ive, abandonando de o skeuomorphism. Em vez de procurar reproduzir no ecrã do iPhone ou do iPad elementos físicos, como imitações de formas e texturas, a Apple optou por fazer uma limpeza geral na interface. Assim, no iOS 7 teremos um visual mais moderno, mais limpo, com ícones mais simplificados, novos tipos de letra, um esquema de cores mais agradável e com menos texturas a imitar os materiais que encontramos quotidianamente na nossa realidade física. Por exemplo, no Game Center, deixará de haver texturas de madeira ou tecido verde.

E as mudanças não se ficam por aqui. Há novidades um pouco por todo o sistema. No ecrã inicial, ao mover o iPhone, o papel de parede move-se por detrás dos ícones, simulando um efeito de paralaxe. As diversas aplicações de origem (Mensagens, Telefone, Calendário, Música, etc.) foram completamente redesenhadas, passando a adotar o novo visual. Na app Meteorologia, o próprio fundo passa a mostrar uma representação visual das atuais condições climatéricas, à semelhança do que era possível encontrar noutras aplicações disponíveis na App Store.

Uma outra novidade que certamente será bem-vinda para muitos utilizadores é o facto de as pastas passarem a permitir mais do que uma página, de modo a poderem acolher um maior número de aplicações. Isso irá ajudar a reduzir a dispersão de aplicações de que padecem atualmente muitos iPhones e iPads.

A Central de Notificações passa a ter um fundo semitransparente e estará disponível a partir do ecrã bloqueado. Um novo Centro de Controlo (a que poderemos aceder deslizando com um dedo a partir da parte inferior do ecrã) dá acesso a algumas funções utilizadas frequentemente: Câmara, Modo Avião, Wi-Fi, Bluetooth, Brilho do ecrã e função de lanterna. Tal como a Central de Notificações, também o Centro de Controlo estará globalmente acessível, incluindo no ecrã bloqueado.

Ios7 beta 2

A um nível mais interno, o multitasking também foi aperfeiçoado, com vista dar funcionalidade multitarefa a todas as aplicações, sem prejuízo para a autonomia da bateria. No iOS 7, o sistema regista os padrões de utilização de cada aplicação, de modo a melhorar o desempenho das apps mais usadas. Ao trocar de aplicação, é possível visualizar uma previsualização do seu estado atual.

No Safari, já não estamos limitados a 8 páginas, e temos uma nova interface para alternar entre elas. Igualmente promissora é a sincronização do Keychain através do iCloud, que permitirá usar no iPhone e no iPad as senhas já guardadas no Mac. A Câmara incluirá alguns filtros, bem como a possibilidade de fotografar em diferentes proporções (incluindo 1:1). Por outro lado, a app Fotografias passará a oferecer um novo modo de organização por “momentos”, sendo as fotos organizadas com base no tempo e localização em que foram tiradas.

Tal como no OS X, o iOS passará a dispor da funcionalidade AirDrop, para partilhar conteúdos facilmente com outras pessoas próximas, através de Wi-Fi.

Nos Mapas, haverá um novo modo noturno, que ajustará automaticamente a imagem de acordo com as mudanças na luz ambiente. A funcionalidade FaceTime passa a permitir a realização de chamadas de áudio (até agora o serviço apenas estava disponível para videochamadas).

Finalmente, a Apple tem estado também a trabalhar em conjunto com alguns fabricantes de automóveis para integrar os dispositivos com iOS nos novos veículos, de modo a criar uma experiência de utilização mais amigável para o utilizador.

O iOS 7 está agora disponível para programadores, em versão beta, e será disponibilizado para o público em geral a partir do Outono. Esta versão será compatível com os dispositivos mais recentes, incluindo iPhone 4/4S/5, iPad 2/3/Retina, iPad mini e iPod touch de 5ª geração.

OS X 10.9 Mavericks – o Mac OS X continua a evoluir

Foi também apresentado a próxima versão sistema operativo OS X para Mac, a versão 10.9, à qual foi dado o nome de um local emblemático da Califórnia – Mavericks. Tal como no iOS, assistimos aqui a um afastamento da imitação das texturas de materiais físicos e a um polimento gradual da interface.

O Finder recebe nesta nova versão uma atualização significativa, com a implementação de etiquetas (para facilitar a classificação, organização e pesquisa de pastas e ficheiros) e navegação por separadores (semelhante ao que já existe no Safari).

Osx mavericks finder tabs

Outro aspeto que foi bastante aperfeiçoado é o suporte para múltiplos monitores. Com a implementação do Mission Control, o uso aplicações em ecrã completo com dois os mais monitores tornara-se… pouco prática. Agora, a Apple resolveu finalmente essa questão, criando procedimentos mais simples de manipulação de de janelas e aplicações em ecrã completo. Não só passa a ser possível visualizar simultaneamente em diferentes monitores mais do que uma aplicação em ecrã completo, como também deixa de haver uma distinção entre ecrã principal e ecrã secundário: a doca e a barra de menus passam a estar disponível em todos os ecrãs.

Osx mavericks icloud keychain

O OS X 10.9 Mavericks conta ainda com uma infinidade de outros melhoramentos, desde a compressão de memória para um maior desempenho, a aperfeiçoamentos diversos no sistema de notificações, no Safari, no Calendário, no Mail e no Keychain. Mas não poderíamos deixar de mencionar a adição de duas novas aplicações, oriundas do iOS: iBooks e Mapas. Isso mesmo: com o Mavericks, já será possível planificar viagens usando os mapas da Apple e ler ou consultar no Mac os livros adquiridos na iBookstore.

Osx mavericks ibooks

O novo sistema operativo está já neste momento disponível para programadores, em versão beta, e será disponibilizado para o público em geral mais para o final do ano. Será compatível, em princípio, com a maior parte dos computadores mais recentes, a partir de meados de 2007.

Partilhar

Comentários

comments

, , , , , , , , , ,

CMS: Wordpress | woo: adaptado por Artur Azevedo